21 de janeiro de 2012

Estadão: Pressão dos juízes ressuscita auxílio para alimentação: conta é de R$ 82 mi

Nada justifica o recebimento de auxílio alimentação a quem percebe de 20 a 30 mil reais!

Não há imagem que sobreviva a tantas benesses. Defender direitos como esse implica na degradação da imagem de todo o funcionalismo. A dos da alta esfera já está irremediavelmente degradada! Depois reclamam da Mídia.

Destaquei:  "Desde a decisão do CNJ, o auxílio-alimentação voltou para o bolso dos juízes. São R$ 710 agregados ao contracheque da toga, mensalmente. A conta final, calculada sobre sete anos acumulados, mais correções do período, chega a R$ 82 milhões, segundo estimativa do Judiciário." E ainda, Peluso: "a concessão de vantagens às carreiras assemelhadas induz a patente discriminação, contraria ao preceito constitucional e ocasiona desequilíbrio entre as carreiras de Estado"

Leia tudo.

Nenhum comentário: