2 de janeiro de 2012

Hoje em Dia: Deputados gastam mais de R$ 2 mi com aluguel de carros importados

origem: Deputados gastam mais de R$ 2 mi com aluguel de carros importados

Deputados gastam mais de R$ 2 mi com aluguel de carros importados

Recurso é garantido pela Assembleia legislativa por meio de verba indenizatória. Depois, recebem o dinheiro de volta


FREDERICO HAIKAL

sargento rodrigues

Deputado Sargento Rodrigues (PDT), com motorista particular, a bordo de um Hyundai IX-35



Land Rover, Honda Civic, Toyota Corolla, Hyundai IX 35, Santa Fé, Tucson, Vectra, Nissan Sentra, Fusion. Rodar num desses carrões e ainda receber por isso é o sonho de muitos brasileiros e a realidade dos deputados estaduais de Minas Gerais. Eles alugam o carro e depois a Assembleia Legislativa reembolsa o dinheiro dentro da cota “locação e fretamento de veículos” da verba indenizatória.

Do início do mandato, em fevereiro, até dezembro, a Assembleia Legislativa destinou R$ 2.184.168,70 para cobrir despesas com o aluguel de carros dos deputados, conforme levantamento feito pelo Hoje em Dia na prestação de contas da verba divulgada no portal da Casa, na internet. Dos 77 deputados estaduais, apenas 16 não registraram gastos com locação de veículos.

A verba indenizatória é de R$ 20 mil mensais para cada parlamentar. Pelas regras aprovadas por eles mesmos, 35% do recurso (R$ 7 mil) podem ser destinados para alugar até dois carros. Caso não gaste todo o montante, a verba fica acumulada para o mês seguinte. Como a regra administrativa não estipula limite de valores, fica a critério do parlamentar a escolha do modelo do veículo.

Com a flexibilidade, os sedãs executivos são os preferidos. Tem parlamentar, por exemplo, que tem alugado dois desses modelos. Outros alugam um executivo e um popular, que fica à disposição do gabinete. Carros importados de luxo também são bastante procurados. São os casos dos deputados do PDT Alencar da Silveira Júnior e Sargento Rodrigues, e do ex-presidente da Casa Doutor Viana (DEM).

Por R$ 6.300 mensais de aluguel, Alencar da Silveira circula num Land Rover modelo Discovery 4. Lenda do off-road, o carro inglês é equipado com motor seis cilindros e acessórios de última geração. O preço de mercado varia de R$ 180 mil a R$ 245 mil.

“Não vou viajar de Uno Mille. Quando a distância é mais longa vou no meu avião particular, mas quando é mais perto uso o Land”, justifica o deputado, emendando que já está na fila aguardando a chegada de um Ford Fusion. Alencar já foi reembolsado em R$ 50 mil.

Assim como o colega, Sargento Rodrigues optou por um utilitário-esportivo. Ele se desloca em um Hyundai IX 35, cujo ponto forte é o acabamento e o design. Na prestação de contas dele, está registrado um aluguel mensal de R$ 4.700 em favor da Locar New Veículos e Máquinas. De fevereiro a dezembro, Rodrigues ganhou um reembolso de R$ 47 mil. Procurado, o deputado demonstrou irritação e ameaçou. “Vou te processar. Com vocês é só na Justiça”, reagiu.

Doutor Viana, segundo o empresário João Bosco, sócio da Locar New Veículos, aluga um Hyundai Santa Fé com câmbio automático e motor seis cilindros. Viana não atendeu celular e não foi localizado por sua assessoria de imprensa até o fechamento desta edição. Viana foi reembolsado em R$ 51.892.

O deputado petista Durval Ângelo circula em um Toyota Corolla modelo novo. O aluguel do carro japonês custa ao erário R$ 4.800 mensais. “Alugo sem limite de quilometragem. A maioria dos deputados faz isso”, declarou. Até o mês de agosto, o petista já tinha recebido R$ 30 mil a título de reembolso do aluguel.

O primeiro vice-presidente da Casa, José Henrique (PMDB), usa um Nissan Sentra com motor 2.0 e câmbio automático. “Uso nas minhas viagens”, relatou.

Nenhum comentário: