25 de janeiro de 2012

Hoje em Dia: Homenagem lembra luta e morte de promotor

Não tem mais o que falar sobre esse brutal episódio.

Homenagem lembra luta e morte de promotor

Há dez anos, Francisco José Lins do Rêgo Santos foi executado por empresário que adulterava combustível

Thiago Lemos -Do Hoje em Dia - 25/01/2012 - 07:35

Em 25 de janeiro de 2002, sete tiros disparados de uma pistola semiautomática calibre 380 calaram a voz de um promotor que lutava contra a “Máfia do Combustível” que agia em Minas Gerais. A morte de Francisco José Lins do Rêgo Santos, um marco no duelo entre a Justiça e o crime organizado, completa hoje dez anos. Homenagens ao homem que perdeu a vida defendendo o consumidor marcam a data, mas contrastam com o destino dos três envolvidos no assassinato, que atualmente gozam da liberdade.

Monumento na esquina da rua Joaquim Murtinho com avenida Prudente de Morais é marco da luta


Uma cerimônia da Associação Mineira do Ministério Público (AMMP), nesta quarta-feira (25), relembrará a trajetória de Chico Lins, como o promotor era conhecido por amigos e parentes. Na ocasião, será lançado o Prêmio de Jornalismo Promotor de Justiça Chico Lins. Continue lendo.

Nenhum comentário: