24 de fevereiro de 2012

Hoje em Dia: Hotel de luxo do Ipsemg pode não sair

Que há discrepância todo mundo já sabia!

Hotel de luxo do Ipsemg pode não sair

Foram detectadas a discrepância entre o valor de mercado do imóvel e o valor mensal para locação

Ana Flávia Gussen - Do Hoje em Dia - 24/02/2012 - 08:14

O Ministério Público de Contas do Estado apresentou um parecer contrário à concessão do prédio do Instituto de Previdência dos Servidores de Minas (Ipsemg) ao Grupo Fasano e à Incorporadora JHSF. O grupo privado foi o único interessado no processo licitatório publicado em 2010 pelo governo do Estado e que permite a exploração do local pelos próximos 35 anos. O objetivo é transformar o imóvel em um hotel de luxo avaliado em R$ 52 milhões.


Governo quer hotel onde funcionou o Instituto de Previdência-Foto:HD-Carlos Rhienck/18-05-2011
O parecer do MP, que pede a extinção do contrato, é referente a um recurso interposto pelo deputado estadual Antônio Júlio (PMDB) contra a concessão do imóvel ao Grupo Fasano. Segundo parecer da procuradora do Estado Sara Meinberg, na transação existe a possibilidade de dano ao erário pelos próximos 35 anos. Além disso, também foram detectadas a discrepância entre o valor de mercado do imóvel e o valor mensal para locação, descumprimento das normas de publicidade quando republicado o edital, além de avaliação subscrita por um único avaliador particular. Continue lendo.

Nenhum comentário: