29 de fevereiro de 2012

Estadão: Presidentes de federações apostam em saída de Ricardo Teixeira

Hoje tem festa no submundo de Hades! (posts relacionados)

Fábio Motta/AE - 4/4/2011 Ricardo Teixeira está no poder da CBF desde 1989
Dirigentes das entidades estaduais deixam aberto a renúncia ou licença do cartola

29 de fevereiro de 2012 | 8h 35

Sílvio Barsetti, Leonardo Maia e Tiago Rogero - Agência Estado

RIO - Presidentes de federações apostam que Ricardo Teixeira vai anunciar nesta quarta-feira o seu afastamento da CBF, durante assembleia geral extraordinária marcada para o início da tarde, na sede da entidade, no Rio de Janeiro. A dúvida é se o mandatário maior do futebol brasileiro, no poder desde 1989, vai se licenciar do cargo ou optar pela renúncia.

"Sou a favor da legalidade, o que não vou aceitar é golpe. O problema está na intromissão do Marco Polo Del Nero (presidente da Federação Paulista de Futebol) no processo", disse o presidente da federação catarinense, Delfim Peixoto Filho, com quem Ricardo Teixeira costuma manter contato permanente.

Na eventualidade de renúncia de Teixeira, assumiria, de acordo com o estatuto, o vice-presidente mais velho: José Maria Marin, de 79 anos, ex-governador de São Paulo e apadrinhado por Del Nero. Se o presidente da CBF pedir licença, no entanto, pode escolher qualquer um dos cinco vices. "Eu acredito, sim, que vamos ouvir dele um pedido de licença", disse Delfim. Para ele, Teixeira deve pedir licença de 180 dias, renovável por mais 180. Continue lendo.

Atualização às 19:30.

É, não foi desta vez. Fica uma pergunta: sangrará mais?

Fotoarena 
 odiario.com: Ricardo Teixeira decide continuar na presidência da CBF

Nenhum comentário: