24 de abril de 2012

Carta Capital: Dirigentes da Fifa receberam US$ 15,5 milhões em suborno nos anos 90, aponta relatório europeu

Corrupção na Fifa                                                            23.04.2012 19:21

 

João Havelange. Seria ele o "H", dirigente sul-americano da alta cúpula da Fifa que recebeu propina da ISL? CC

Dois executivos top da Fifa receberam, nos anos 1990, 15.5 milhões de dólares da ISL, a falida empresa de marketing esportivo suíça. A informação foi divulgada pelo Conselho da Europa nesta segunda-feira 23. Os nomes desses dirigentes não foram revelados.
A ISL era a empresa que detinha os direitos de transmissão da Copa do Mundo e os negociava em nome da Fifa. Faliu em 2001 em circunstâncias até hoje não totalmente esclarecidas.
O recebimento de propinas foi divulgado por François Rochebloine, integrante do Conselho da Europa. As investigações sobre a propina da ISL ao alto escalão da Fifa foram repassadas a Rochebloine pelo juiz suíço Thomas Hildbrand, que investigou o caso na justiça local.
Segundo reportagem da BBC britânica em 2011, os dois dirigentes que receberam a propina são os brasileiros João Havelange, ex-presidente da Fifa, e Ricardo Teixeira, ex-presidente da  CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Ainda segundo a reportagem, Havelange e Teixeira assumiram a culpa em troca do sigilo sobre o caso. Continue lendo.

Nenhum comentário: