5 de junho de 2012

O Globo: Anvisa proíbe protetores solares mais fracos

(Experimente o uso dos marcadores - tags, abaixo de cada post, em vermelho, é mais rápido do que a busca, acima, a esquerda.)

Anvisa proíbe protetores solares mais fracos

Produtos terão que elevar proteção mínima para 6, mas, para especialistas, somente a partir de 30 o filtro é eficaz

RIO - As regras para fabricar e importar protetores solares no Brasil se tornaram mais rígidas ontem. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou no Diário Oficial uma resolução que aumenta de 2 para 6 o menor Fator de Proteção Solar (FPS) contra os raios ultravioleta do tipo B, responsáveis por queimaduras e câncer. A mudança é considerada um avanço pelos dermatologistas, mas ainda insuficiente para proteger contra os danos da exposição ao sol. O FPS mínimo recomendado é 30. Continue lendo.

Nenhum comentário: