26 de março de 2012

Hoje em Dia: Aliança com PSB e PSDB racha o PT em Belo Horizonte

Herança de Pimentel e Aécio continua fazendo estragos. Tomara que a população dê um basta nesta simbiose maligna, onde só os negócios interessam, o povo não importa. O papel do Patrus nessa meleca é pra lá de lamentável. Fora Lacerda!

Aliança com PSB e PSDB racha o PT em Belo Horizonte

Vice-prefeito Roberto Carvalho, que lutou pela candidatura própria do partido, afirma que não apoiará a reeleição de Marcio Lacerda

Ezequiel Fagundes - Do Hoje em Dia - 25/03/2012 - 20:29

Roberto Carvalho discursa no encontro do PT, marcado pelo enfrentamento entre alas - Foto: HD-FREDERICO HAIKAL
Em um encontro marcado por confusão, bate-boca, empurra-empurra e até expulsão de um vereador do PSB, o PT de Belo Horizonte aprovou neste domingo (25) uma resolução que apenas sugere a retirada do PSDB da coligação do prefeito Marcio Lacerda. Em votação apertada, a maioria dos delegados do partido entendeu que a participação ou não dos tucanos na chapa será uma decisão exclusiva de Lacerda.

Dos 479 delegados presentes no processo de votação, 224 se posicionaram favoráveis a exclusão imediata do PSDB, mas 255 preferiram não vetar a participação do partido adversário. Como Lacerda já declarou publicamente que é favorável à manutenção dos tucanos na coligação em que buscará a reeleição, o PT vai caminhar mais uma vez junto com o PSDB.

A decisão rachou ainda mais o partido. Radicalmente contra a inclusão dos tucanos, o vice-prefeito Roberto Carvalho (PT) adiantou que seu grupo não vai apoiar a campanha de reeleição do prefeito. “Se ele (prefeito) não vetar, nós não vamos participar do processo. Tenho certeza que a militância não vai participar da campanha”, ameaçou Roberto.

O resultado da votação do encontro teve a participação direta do grupo ligado ao ex-ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias. Recentemente Patrus disparou fortes críticas contra os caciques do PSDB de Minas, mas ontem ele recuou e votou contra a tese que propunha a imediata exclusão dos tucanos do processo. Continue lendo.

Nenhum comentário: