16 de dezembro de 2014

Diário de Notícias: Novo balanço aponta para 130 mortos no ataque a escola no Paquistão

O atentado em Sidney fica pequeno em relação a nova barbárie do fundamentalismo. Não é só a mídia ocidental. É real, infelizmente!

Diário de Notícias: Novo balanço aponta para 130 mortos no ataque a escola no Paquistão
 

Dos 130 mortos, maioria são crianças. Há 25 feridos graves.
 
Pelo menos 130 pessoas, na maioria crianças, foram mortas no ataque lançado hoje por um comando talibã contra uma escola militar em Peshawar, no noroeste do Paquistão, segundo um novo balanço divulgado com o ataque ainda em curso.

A maior parte das crianças foi morta com um tiro na cabeça, segundo o ministro da Informação provincial, Mushtaq Ghani, que deu também conta de 25 feridos graves.

Seis homens, com explosivos à volta do corpo, entraram na escola e abriram fogo, indicou fonte do exército paquistanês à agência Reuters. Através do Twitter, os militares já revelaram que cinco dos atacantes foram abatidos.

Fonte oficial tinha já confirmado 126 mortos no ataque, acrescentando que mais de uma centena são crianças que frequentavam a escola. Até ao momento, registavam-se 122 feridos.

De acordo com as agências internacionais, o grupo de talibãs fez centenas de reféns. O edifício foi cercado pelo exército paquistanês e por diversos veículos de emergência e helicópteros. A escola, que tem cerca de 500 alunos, foi evacuada quase na totalidade, adianta a BBC, citando fontes do exército. Não se sabe quantas pessoas permanecem no interior mas, segundo a agência Reuters, os militares estão a percorrer a escola procurando localizar todos os talibã.

Origem. Acompanhe a evolução dessa barbárie.


Atualização às 21:54 dessa terça-feira, 16/12/2014

Diário de Notícias: Morreram 132 crianças no ataque a escola no Paquistão

Nenhum comentário: